Versão OriginalMenu
Valdelice Bonifácio | 14 de Fevereiro de 2018 - 15:29:00

Após adiamento, escolas de samba vivem indefinições

Horário das apresentações e local da apuração das notas ainda são dúvidas
Adiamento do desfile do grupo especial foi anunciado na noite ontem após decisão das escolas por maioria de votos

O desfile das escolas de samba do Grupo Especial de Campo Grande foi remarcado para a noite de sábado, dia 17 de fevereiro, na Avenida Alfredo Scaf, perto da Praça do Papa. A apresentação seria realizada na noite desta terça-feira, 13, mas foi adiada em razão da chuva que não deu trégua. Como o tempo deverá continuar chuvoso, as escolas ainda não definiram o horário exato do início do desfile e o nem o local da apuração das notas.

Conforme a Liga das Entidades Carnavalescas de Campo Grande (Lienca), os desfiles serão mesmo realizados no próximo sábado à noite. Contudo, o horário está sendo avaliado. Algumas agremiações defendem que seja às 19h. “Ficou decidido que será realizado no sábado com ou sem chuva. Agora, o horário vamos decidir. Em princípio, era às 20h, mas estamos avaliando antecipar em 1 hora por conta do tempo que poderá estar chuvoso”, explica o presidente da Lienca Eduardo de Souza Neto.

Outra preocupação é o horário de término dos desfiles que deve ocorrer à meia-noite. Contudo, no sábado termina o horário de verão e com isso, os relógios serão atrasados em uma hora. “Esta é outra situação que estamos analisando. Por isso, a antecipação para as 19h é vista como uma boa alternativa”, ressalta o dirigente.  

Na noite de ontem, as escolas estavam de prontidão para desfilar na Alfredo Scaf, mas  tiveram que voltar para os barracões após a confirmação do adiamento. Parte do público vaiou a decisão de adiar o desfile. Agora, as agremiações terão que restaurar muitas alegorias prejudicadas pela chuva forte e novamente se preparar para sábado.

O adiamento não foi unânime, mas por maioria de votos entre os representantes das escolas de samba.

A apuração das notas será realizada no domingo, 18, a partir das 17 horas. Em princípio, o local escolhido era a Praça do Rádio Clube, bem no Centro de Campo Grande, que já é palco da apuração há anos. Contudo, diante da possibilidade de chuva, as escolas avaliarão outras possibilidades. Uma reunião está marcada para a noite desta quinta-feira, 15. Na sexta-feira, a Lienca deve emitir comunicado oficial com a decisão das escolas sobre horário dos desfiles e local de apuração das notas.

Neste ano, cinco escolas desfilarão pelo grupo especial. São elas: São Francisco com o samba enredo Comitiva Pantaneira;  Igrejinha (40 anos de criação do Estado de Mato Grosso do Sul. Em terras pantaneiras, tem samba sim senhor); Deixa Falar (Cio da Terra – Sob as lentes de Roberto Higa, 40 anos de Mato Grosso do Sul); Catedráticos do Samba (Com as mãos e a garra de um povo sonhador, surge um novo Estado. 40 anos de Mato Grosso do Sul – Aquidauana: Começa aqui o Pantanal) e Unidos da Vila Carvalho (Lendas do Mato Grosso do Sul).

Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews