Versão OriginalMenu
Da redação | 19 de Dezembro de 2017 - 14:04:00

Cão resgatado protagoniza videoclipe de banda de blues

Tobias, resgatado pela ONG Cão Feliz, é a estrela do clipe do Whisky de Segunda

O vira-latas Tobias resgatado pela ONG Cão Feliz Associação Sueli Craveiro é a estrela do clipe do novo single do Whisky de Segunda. O cão teve a missão de interpretar a letra da música “I’m so all alone” que tem tradução livre “Eu estou tão sozinho”. Os músicos vão fazer o lançamento do trabalho nesta sexta-feira (22), às 18h, na Cervejaria da Floresta. O evento também marcará o último show de 2018 da banda de blues americano mais tradicional do país. A entrada será apenas R$ 10 e terá abertura de Renato Mendes and The Old Trouble.

O guitarrista do Whisky, Jefferson Pasa compôs a letra para atender ao projeto do grupo que queria comover as pessoas para não abandonar os animais. “Tentei expressar os sentimentos que percebemos que o cachorro tem e fizemos um videoclipe para mostrar mais ou menos o que acontece quando alguém abandona um animal. Queríamos fazer algo diferente e o Tobias foi perfeito pela história dele”, conta.

A escolha do cachorro foi especial pela forma como chegou na ONG. “Ele foi jogado na esquina da sede do canil da Cão Feliz. Estava atropelado, com o pescoço na carne viva e não conseguia andar. Por isso a cena do atropelamente me marcou muito. O jeito como ele ficou até parecia que estava relembrando o que aconteceu com ele. Espero que as pessoas se conscientizem com esse trabalho”, afirmou a presidente da entidade, Kelly Macedo. 

O animal passou por uma série de tratamentos, inclusive foi utilizado em uma pesquisa de células tronco. Os cuidados foram fundamentais para ele reaprender a andar, deixar de usar fraldas e ter uma qualidade de vida. Tobias será a “cara” da ONG no mundo inteiro. Além de ajudar na causa animal, ele estará representando os outros 161 cães que estão sob responsabilidade da Cão Feliz. 

A música e o clipe estarão à venda por R$ 10 no evento. Toda a renda será revertida para a entidade. Com o dinheiro Kelly pretende quitar a dívida nas clínicas veterinárias. Hoje o montante ultrapassa os R$ 15 mil. “Espero que a repercussão seja grande. Que emocione as pessoas, como nós nos emocionamos durante as gravações. Que pessoas de raça adotem o Tobias e seus irmãos”. A ONG existe há 4 anos e 7 meses em Campo Grande e já salvou mais de 1 mil cachorros.

Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews