Versão OriginalMenu
Da redação | 30 de Maio de 2017 - 08:09:00

Centro Cultural abre exposições “O Enigma das Cores”, de Raoni Figueiredo

Mostra busca uma conexão espiritual que envolve percepção e fluidez
Exposições da Galeria Wega Nery têm a proposta de divulgar a produção artística contemporânea

Com inspiração na natureza e nos elementos que compõem esse universo (fogo, água, ar e madeira), o artista plástico Raoni Figueiredo inaugura nesta quinta-feira (1º de junho), às 19h, na galeria Wega Nery a mostra “O Enigma das Cores”, que abre a temporada de exposições no Centro Cultural José Octávio Guizzo, da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS).

A mostra busca uma conexão espiritual que envolve percepção e fluidez, criando formas abstratas que sugerem a continuidade dos sentidos, da natureza e o sentimento que liga essas ideias por meio da arte. Por formas livres, cores e linhas se misturam, deixando a impressão de continuidade além da tela, em uma projeção infinita de linhas, formas e cores.

“Meu trabalho foi desenvolvido de maneira empírica, pela observação da natureza e seus movimentos. O olhar do homem em seu ambiente e a liberdade presente nessa interação. Essencialmente encontrando expressão na manifestação do homem na natureza. Isso para uma relação poética e construtiva, de um universo criativo, contrário a uma relação de destruição e ausência de sentimentos”, explica.

Inspirado pelo trabalho dos pintores surrealistas e cubistas, Raoni cita como exemplo Pablo Picasso, Piet Mondrian, Joan Miró e Salvador Dali e Pós-Impressionista: Vincent Van Gogh. “E por manifestações de arte contemporânea tendo exemplo dos grafites, ilustrações publicitárias e caligrafia. Considero meu trabalho de traços, únicos a minha expressão”.

Raoni Ramires Figueiredo é natural de Campo Grande. Tem formação artística em pintura, artista plástico autodidata, adquiriu conhecimento observando a técnica de outros pintores, mesmo contemporâneos e regionais. Durante o curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), teve maior contato com a História da Arte e seus movimentos artísticos, e também assistiu optativas de Desenho 1 e Fotografia , oferecidas pelo curso de Artes Visuais da UFMS. Já participou de exposições na Plataforma Cultural (solo) e exposição coletiva de arte do Espaço Cultural do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul.

As exposições da Galeria Wega Nery têm a proposta de divulgar a produção artística contemporânea, dando visibilidade para artistas iniciantes ou consagrados, que desenvolvam trabalhos em harmonia com as linguagens atuais da arte.

Serviço -  A exposição estará aberta à visitação de terça-feira a sábado. Mais informações podem ser obtidas no Centro Cultural José Octávio Guizzo, na rua 26 de Agosto, 453, Centro (entre avenida Calógeras e rua 14 de Julho) ou pelo telefone (67) 3317-1795.

 

Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews