Versão OriginalMenu
Da redação | 10 de Janeiro de 2018 - 14:53:00

Em Três Lagoas, preço do material escolar varia até 1.800%

Pesquisa foi feita em sete estabelecimentos comerciais e consultou 82 itens

Todo início de ano, a preocupação com a compra de material escolar é um grande desafio para os pais de alunos. A fim de facilitar a vida dos consumidores, o PROCON/TL (Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Três Lagoas) realizou do dia 14 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro desse ano, uma pesquisa pra levantar o preço dos principais itens do material escolar (Clique aqui para baixar pesquisa).

O consumidor poderá encontrar grandes diferenças na compra de alguns dos 82 materiais apurados. Um dicionário de língua portuguesa, por exemplo, que pode ser encontrado por R$ 3,00, chega a custar R$ 60,50 em outra loja, 1800% mais caro.

Uma caixa de lápis de cor, com 36 unidades, pode custar de R$ 18,00 à R$ 27,00, dependendo da loja.

A pesquisa feita em sete lojas do ramo, com base nos produtos mais baratos independentes de marca ou qualidade. 

Proximidade com a população - Com o objetivo de aproximar as informações do PROCON à população, toda a pesquisa de preços de material escolar será repassada às escolas públicas e particulares do Município. O objetivo é que cada instituição repasse aos pais dos alunos.

“É uma forma de aproximarmos nossos serviços da população. Essas pesquisas de preço podem ser úteis para a escolha do melhor lugar para o investimento dos pais”, explicou Mohamed Youssef  El Jarouche, assessor especial do PROCON/TL.

Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews