Versão OriginalMenu
Da redação | 31 de Maio de 2017 - 17:04:00

Caso Victor Ramos: Internacional poder ser excluído da Série B

Clube gaucho foi indiciado por uso de documentos falsificados e/ou forjados
Caso Victor Ramos tem um novo capítulo nesta quarta-feira

Em dia de jogo decisivo do Internacional pela Copa do Brasil, uma notícia nada agradável chegou a diretoria do clube, o Colorado que entra em campo nesta noite (31), no Beira-Rio, em jogo contra o Palmeiras, o Inter que perdeu a primeira partida por 1 a 0, busca reverter o placar para avançar para as quartas de finais.

O caso Victor Ramos parece não ter fim, no fim do Campeonato Brasileiro 2016, o Inter decidiu entrar com uma ação contra o Vitória, por uma suposta escalação irregular, o time Colorado apresentou alguns e-mails que comprovavam que o jogador tinha sido escalado irregularmente, porém nesta quarta-feira (31), o caso ganhou mais um capítulo.

O time gaúcho que enviou os e-mails para a CBF e foi até a Suíça tentando comprovar a escalação irregular, pode ser punido com a exclusão da série B, devido à falsificação dos e-mails enviados a Confederação Brasileira de Futebol.

O STJD que havia se pronunciado sobre o caso na época, deixou essa informação vazar antes da partida decisiva da Copa do Brasil.

De acordo com o STJD, o Internacional não foi o responsável pela falsificação, mas fez uso dos documentos adulterados. Peritos de São Paulo e do Rio de Janeiro comprovaram a falsificação de parte dos e-mails inseridos em processos de interesse do Inter, tais como adulterações de: “forma e conteúdo, subtração de palavras, textos, nomes e frases, além de inserção indevida de palavras, letras e assinaturas, modificações essas de conteúdo capazes de descaracterizar o seu sentido original” – diz o comunicado, publicado no site do STJD.

O procurador-geral do STJD é quem vai decidir o futuro do Colorado. A denúncia contra o Internacional está nas mãos dele e, se acatada, o clube pode ser excluído da série B. O caso vai ser analisado pelo MP-RJ (Ministério Público do Rio), já que contém crimes previstos no código penal.

O Internacional foi indiciado por uso de documentos falsificados e/ou forjados.

Subir ao TopoVoltar
PlataformaPlataforma de Notícias DothNews